Se o mundo pode te mudar…

se o mundo pode te mudar

…você também pode mudar o mundo.

Sem dúvidas, uma das minhas frases preferidas. Depois de receber esse pequeno recado através de um palito de sorvete, nunca mais esqueci essa frase e sei que devo carregá-la comigo para sempre. O mundo, grande que é, pode nos mudar a todo o momento. Os acontecimentos que nos cercam nos moldam e vão nos tornando pessoas diferentes daquelas que costumávamos ser (para melhor ou não, isso depende de cada um). Mas nós, apesar de sermos apenas um pontinho num planeta habitado por bilhões de pessoas, também podemos mudar o mundo. Isso não é incrível?

Não sei vocês, mas eu me sinto muito mais forte ao pensar nisso. Sinto que, mesmo sendo apenas mais um ser humano, tenho em mim a força de querer e poder mudar aos poucos o que eu acho que pode melhorar. Dentro de mim e à minha volta. E nesses momentos, não importa quem você é, o que você tem, qual a sua altura, o peso, idade, sexo e condição social: só depende do seu QUERER. Do seu querer levantar e ser uma pessoa melhor daquela que foi ontem, do seu querer fazer a diferença na vida daqueles que ama, do seu querer evoluir como pessoa, amigo, filho, neto, irmão, namorado, estudante, profissional. Do seu querer ser a mudança que você quer ver no mundo. Porque se tem algo que podemos ser, esse algo é ser melhor a cada dia. 

Muitas vezes, as pessoas ao nosso redor só precisam de um empurrãozinho, de uma palavra de fé, de um gesto de amor, de um conselho que as ajude a tomar certas decisões. O mundo só precisa mesmo de um abraço de alguém que queira mudá-lo. Eu sinto que eu posso e sei que você aí também pode. Nós podemos. Então seja diferente; seja um pontinho de luz que, apesar de pequeno, não desiste de tentar melhorar o mundo maluco, doente e sozinho que está a sua volta, porque sabe que pode fazer a diferença de muitas formas.

No momento em que eu descobri isso, passei a tentar transformar a vida não só de quem está ao meu redor, mas também a minha: me sinto mais forte, me sinto luz, me sinto imensa. Sei que, se eu quiser, posso transformar muitas coisas. Sinto que posso melhorar o ambiente ao meu redor e passei a deixar que pessoas do bem mudem também dentro de mim o que precisa ser mudado – sem perder a minha essência, é claro. Você pode mudar o mundo de muitas formas, basta você querer, e então, enxergar por onde você pode começar. Não perca tempo e nunca se esqueça desse seu poder de transformar!

Com carinho,

Júlia Groppo

Por julia às 14.02.16 392 comentários

392 Comentário em “Se o mundo pode te mudar…”

Deixe seu comentário

A felicidade é aqui (e agora)
A tal da criatividade
O ”ponto morto” da vida tem seu valor
Sobre fios, fases e metamorfoses