Arquivo da categoria 'Devaneios'



Dieta da mentenovembro 1, 2018 | Crônicas, Devaneios
Precisamos falar sobre o que consumimos diariamente – e não me refiro aos alimentos. É verdade que a nossa alimentação é algo que merece



Não sei para onde vou, mas estou indooutubro 30, 2018 | Crônicas, Devaneios
Ta tudo bem não saber exatamente para onde você está indo neste momento da vida. Quem foi que te disse que precisamos de certezas



Sobre dias difíceisoutubro 26, 2018 | Crônicas, Devaneios
Você mal acorda e o dia já se mostra um daqueles bem difíceis. O mais engraçado é que, quanto mais você pensa “não tem



FAÇA UM CARINHO EM SI MESMOoutubro 25, 2018 | Crônicas, Devaneios
Era final de 2015 e eu não estava em uma fase legal. Teimosa que sou, comecei a pensar no que eu poderia fazer para



Pequenos grandes desejosoutubro 21, 2018 | Crônicas, Devaneios
Quer uma verdade sobre mim? Qualquer paixão me diverte. Fácil demais me deixar feliz; arrancar um sorriso, então… Basta me olhar nos olhos. Mais



Todos os diasoutubro 14, 2018 | Crônicas, Devaneios
Um dos meus trechos favoritos da Bíblia diz o seguinte: “Não se preocupe com o dia de amanhã, pois ele terá suas próprias preocupações.



Gosto de lembraroutubro 6, 2018 | Crônicas, Devaneios
É fato que nem todos os nossos dias vão ser os melhores, mas aprendi o quão importante é termos uma coleção de lembretes que



Com adoçante, por favoragosto 9, 2018 | Crônicas, Devaneios
Sou fã de um papo sincero seguido de um café bem quente. Ou vice-versa. Tenho algumas companhias favoritas pra isso. Melhor que elas, só



Os meus, os seus, os nossosjulho 26, 2018 | Crônicas, Devaneios
Julho de 2015 Todo mundo já teve, mesmo que não tenha conhecido. Todo mundo adora, mesmo que às vezes reclamemos do quanto se preocupam



Sobre a vida e a morte e o que tem no meiojulho 19, 2018 | Devaneios
“Tudo é provisório, inclusive nós”; disse uma de minhas escritoras preferidas, Martha Medeiros, em um de seus textos que mais amo. Acho que é





Ano novo, vida nova?
O que você deixou cair pelo caminho?
Minha primeira tatuagem
Prometa-me desacostumar