Arquivo da tag 'reflexão'



O ”ponto morto” da vida tem seu valorsetembro 23, 2020 | Crônicas, Devaneios
2016 foi um daqueles anos da minha vida em que eu me vi numa queda de montanha-russa cheia de loopings. E com isso, não



Sobre fios, fases e metamorfosesagosto 26, 2020 | Crônicas, Devaneios
Tudo começou quando recebi a aprovação na faculdade de Jornalismo. Tinha passado por momentos desafiadores no Ensino Médio e senti – como nunca havia



Sobre rótulos e o despir-se socialmenteagosto 25, 2020 | Crônicas, Devaneios
Criei uma nova regra para a minha vida. Aconteceu este ano (sim, 2020 não é só tragédia, e eu posso provar). Estava na minha



E a lista de metas do ano?agosto 6, 2020 | Pelo mundo
Tenho uma pergunta importante para te fazer. Você ainda se lembra das metas que escreveu para 2020?  Já passamos da metade do ano, e



Você se faz feliz?agosto 3, 2020 | Crônicas, Devaneios
Sempre brinco que é muito fácil eu me fazer feliz. E nem é só pelo fato de que as pequenas coisas me encantam, mas



Conselho de vójulho 20, 2020 | Crônicas, Devaneios
Minha avó sempre me aconselhou, desde pequena, a ouvir mais e falar menos. Passei a maior parte da minha infância em sua casa, e



De mãos dadas comigo mesmaabril 15, 2020 | Crônicas, Devaneios
Dia desses, em uma conversa com a minha mãe, comecei a pensar em todas as coisas que teria deixado de fazer na minha vida



Algumas coisas que descobri sobre a vidafevereiro 21, 2020 | Crônicas, Devaneios
Na minha aventura pela busca de uma vida mais leve, tenho entendido cada vez mais que leveza tem muito a ver com conseguir se



Minhas tempestades internasfevereiro 11, 2020 | Crônicas, Devaneios
Era uma segunda-feira, e chovia bastante lá fora. Apesar da vontade absurda de ficar em casa, entre minha coberta e meus livros, e do



Respirosfevereiro 4, 2020 | Pelo mundo
A palavra ”respiro”, por si só, já me traz um grande alívio. Melhor ainda é a ideia de, ao longo de toda a loucura





A tal da criatividade
O ”ponto morto” da vida tem seu valor
Sobre fios, fases e metamorfoses
Sobre rótulos e o despir-se socialmente