Júlia Indica – 5 músicas que me deixam (mais) feliz

O Júlia Indica de hoje é bastante pessoal, já que vim compartilhar com vocês cinco músicas que, quando ouço, automaticamente me deixam mais feliz, cheia de vida e com vontade de sair por aí cantando, dançando, sorrindo e dizendo para quem eu encontrar na rua como a vida pode ser linda. Mas, apesar de pessoal, também é muito especial, porque sério, essas músicas realmente mexem comigo, algumas por motivos especiais e outras por algo que nem eu mesma sei explicar. Vamos lá?

1) The Nights – Avicii

“The Nights” é um hit bastante atual e sei que está no gosto musical de muitas pessoas. Eu adoro essa música pelo sentimento que ela me passa; quando a ouço, sinto que posso fazer qualquer coisa que eu quiser, desde que eu me esforce. Me sinto forte, me sinto grande, me sinto no dever de correr atrás de todos os meus sonhos. Parece que ela me diz para não ter medo de viver a vida que eu sonhei pra mim. Louco, né? É só uma música, mas me faz sentir TANTA coisa. “One day you’ll leave this world behind, so live a life you’ll remember”. Eu quero lembrar da minha vida, da melhor forma, e vocês?

2) Firework – Katy Perry

“Do you ever feel like a plastic bag, drifting through the wind, wanting to start again?” Quem nunca, não é? Acredito que essa seja uma das músicas mais verdadeiras que conheço, em cada uma das estrofes, e também uma das melhores da Katy Perry. A mensagem que ela passa sobre como podemos brilhar sempre, independente das circunstâncias, dos medos e das turbulências da vida é realmente linda. Não importa quem você é, mas a força está dentro de você. Essa música me da forças sempre que me sinto fora do eixo e perdida, como se as coisas nunca mais fossem voltar a ser como antes, até porque: “If you only knew what the future holds. After a hurricane, comes a rainbow” <3

3) You’ll be in my heart – Phil Collins

Essa música está aqui por um motivo extremamente especial: meu pai é o grande culpado do meu gosto musical. Desde criança, sempre ouvia músicas com ele, de Capital Inicial e Zezé Di Carmargo e Luciano à The Smiths e U2. Djavan, Frejat, Legião Urbana, Cindy Lauper, Madonna e mais muitos artistas maravilhosos. Devo todo o meu repertório e conhecimento musical a ele, sem dúvidas. Mas se tem um cantor incrível que ele me ensinou a ouvir é o Phil Collins, e em especial essa música, que é tema do filme do Tarzan. “You’ll be in my heart” passa uma mensagem maravilhosa e doce, que me emocia todas as vezes em que ouço (todas mesmo). Lembro de como devo ser grata todos os dias por ter o pai que tenho, por ele ter me ensinado tantas coisas e por sempre estar ao meu lado, porque é exatamente disso que essa música fala: estar um com o outro, pelo coração, sempre.

4) City of blinding lights – U2

U2 é uma das minhas bandas preferidas e Bono Vox um dos meus seres humanos preferidos. O cara é especialista em espalhar coisas boas pelo mundo. Além disso, que voz é essa, meu amigo? Sou fã. Dito isso, apresento-lhes a minha música preferida da banda: “City of blinding lights”. Ela me faz viajar muito por cada um dos meus sonhos, me levando para muitos lugares por alguns minutos. O ritmo dela é contagiante e me tira um sorriso largo sempre que a escuto. Gosto de ouvi-la, principalmente, quando estou dirigindo. Ela me faz acreditar que vou realizar todos os meus sonhos.

5) Boom Clap – Charli XCX

Por fim, “Boom Clap”, que é tema do filme “A Culpa é das estrelas”.  A música tem uma batida muito gostosa e tira qualquer um do desânimo. Quando ouço, a vontade é exatamente esta: sair pulando por aí, sendo feliz e dançando como se não houvesse amanhã. Já animou muitos dias em que eu não tinha vontade pra nada.

Espero que tenham gostado e que, de certa forma, essas músicas possam marcar a vida de vocês, seja pelo ritmo, pelas vozes ou pelas mensagens. Muitas vezes, elas mudaram meus dias, me deram forças, me ajudaram a lembrar como é bom sentir gratidão, me fizeram enxergar as coisas por outra perspectiva e, mais que tudo isso, me fizeram sonhar, bem alto. 

Com carinho,

Júlia Groppo

Por julia às 16.02.16 1.105 comentários

Comments are closed.

A lista do foda-se
Bondade
15 minutos de cada vez
E lá se vai metade de um ano