Um dia de cada vez

sonhos

E foi assim que descobri que a vida pode ser mais leve

É segunda-feira e você está preocupado com a viagem a trabalho da quinta. É quarta-feira e você só reza para que o fim de semana chegue depressa. É sábado e você só consegue pensar naquele teste difícil que tem para dali alguns dias. É domingo e você se lembra de apenas uma coisa: no dia seguinte é segunda e tudo começa, outra vez. Calma.

Quando você tenta se dividir em mil pedaços para lidar com diversas coisas ao mesmo tempo, acaba não fazendo nenhuma delas direito. Já ouviu essa história em algum lugar? Aprendi isso com a minha família. É necessário concentrar os nossos esforços em uma tarefa por vez. Seu dia é distribuído por compromissos, certo? Faculdade, trabalho, lazer, estágio, viagens, família, vida social, vida amorosa e por aí vai… Cada qual a sua forma. De que adianta estar com meu namorado pensando na pauta que vou ter que correr atrás no trabalho no dia seguinte? De que adianta estar no trabalho pensando na festa do fim de semana? De que adianta estar com a família preocupado com uma prova do fim do período? Percebem?

É desgastante demais tentar solucionar milhares de problemas e pendências, de diversos pilares da nossa vida, todos de uma vez. Mais fácil é pensar com calma e olhar com leveza para cada uma dessas coisas, e deixar também um pouco disso para que a própria vida nos mostre como lidar. Fazer a nossa parte é sempre muito importante, mas deixar uma parcela da magia “nas mãos do Universo” facilita um pouco as coisas. Deixe solto, deixe estar.

Já eu, deixo mesmo é que a Júlia de amanhã resolva. Ela que se vire, que pense, raciocine, se esforce e se dedique. A Júlia de hoje já cumpriu as suas obrigações e fez do dia dela o que ela queria, da forma que queria. A Júlia de hoje plantou as coisas boas para colher no futuro, fez a sua parte. Amanhã é um outro dia, algumas obrigações se repetem, outras coisas diferentes vão acontecer e então, que a Júlia de amanhã saiba lidar com o que vier. Eu sinto que cumpri o meu dever por hoje. Hoje já foi, já deu e, mais uma vez, posso terminar o dia agradecendo. Por tudo, por nada.

Em muitos momentos da vida, fiz mal a mim mesma querendo decifrar o que o futuro poderia me trazer. Por muitas vezes, fui ansiosa o suficiente para me pressionar e tentar resolver todos os meus problemas de uma vez. Mas um dia, acabei descobrindo que boa parte das coisas fogem ao nosso alcance, e que só acreditando, tendo fé e se esforçando é que podemos continuar vivendo. Faça hoje para receber os resultados lá na frente. Mas faça hoje, pense hoje, foque em hoje. O resto vem, tá? Sempre vem.

“Não se preocupe com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá as suas preocupações. Basta a cada dia a própria dificuldade” (Mateus 6:34)

Um dia de cada vez, ta?

Com carinho,

Júlia Groppo

Por julia às 01.04.16 Comentários

Comments are closed.

Aqueles que tornam a nossa jornada mais feliz e possível
Por favor, reassista os seus filmes preferidos
Sobre o dia em que aprendi a amar as minhas dúvidas
A lista do foda-se