Quando a vida conversa com a gente

Tenho pra mim que, a todo momento, a vida está tentando nos dizer algo. Ao menos comigo, ela está sempre conversando. E o mais engraçado dessa loucura toda é saber que essa conversa pode acontecer de formas muito diferentes: através de pessoas, obstáculos, coisas que acontecem, coisas que deixam de acontecer ou de uma simples chuva que eu tomo no caminho de volta para casa. Mesmo.

O desafio, acredito eu, está em decifrar esses aprendizados (ou mesmo conselhos), que quando disfarçados de acontecimentos simples da rotina ficam ainda mais difíceis de serem entendidos. Acho que porque o que a vida quer da gente é um pouquinho de coragem, sabe? De sair da toca (alô, zona de conforto!) quando for preciso para buscar respostas lá fora na mesma medida em que é necessário coragem para ficar do lado de dentro, em silêncio, quando o que você precisa ouvir está mais perto do que você imagina: na sua essência.

Nessa caminhada, creio que devemos estar com os olhos bem atentos e o coração aberto para receber as mais diversas lições que precisamos – por mais que possamos achar que não estamos necessitando daquilo. Eu prefiro acreditar que o universo sabe exatamente o que eu estou precisando, e é por isso que ele brinca comigo o tempo todo.

Um céu azul em um dia difícil, um elogio inesperado, um tropeço em meio a uma fase de muita pressa. Não importa muito como, mas a vida quer e vai conversar com você todos os dias.

Portanto, quando estiver meio confuso – em um daqueles momentos em que nada parece fazer muito sentido -, tente parar por um momento e pergunte a si mesmo: ”o que a vida está querendo me ensinar com isso?”. Pode ter certeza que ela está tentando te dizer algo. Do jeito dela, mas está.

Júlia Groppo

Por julia às 15.01.20 Comentários

Comments are closed.

Aqueles que tornam a nossa jornada mais feliz e possível
Por favor, reassista os seus filmes preferidos
Sobre o dia em que aprendi a amar as minhas dúvidas
A lista do foda-se