Arquivo por Autor



A tal da missão de vidaabril 8, 2021 | Crônicas, Devaneios
Dia desses, assisti ao filme Soul com o meu namorado. Sim, esse que muitas pessoas têm falado por aí ultimamente; e não é para



Desafiando minha rotina | Crônicas, Devaneios
Quem me conhece sabe que adoro uma rotina. Como boa louca da organização que sou, gosto de ter os meus dias bem planejados: organizo



Ano novo, vida nova?janeiro 28, 2021 | Crônicas, Devaneios
Essa é uma das minhas épocas preferidas do ano. Os últimos dias de um e os primeiros do próximo; janeiro tem todo um gostinho



O que você deixou cair pelo caminho?janeiro 13, 2021 | Crônicas, Devaneios
Já parou para pensar no tanto de coisa que você pode ter deixado cair acidentalmente da sua bagagem enquanto percorre a sua jornada? E



Minha primeira tatuagem | Prosa e poesia
Teve um dia que olhei para mim mesma (depois de muita terapia, voos e tropeços) e entendi que ali moravam diversas coisas. Nem somente



Prometa-me desacostumarjaneiro 8, 2021 | Crônicas, Devaneios
Em um dia qualquer de 2020, me peguei desejando algo: que eu não me acostume, com nada nessa vida. É que me dei conta,



O que aprendi com o meu filhote de cachorronovembro 26, 2020 | Crônicas, Devaneios
Tenho uma nova melhor amiga. Depois de alguns anos da partida do Melão, o último cachorro que tive, a Nicole chegou na família. Nunca



A felicidade é aqui (e agora)novembro 25, 2020 | Crônicas, Devaneios
Podemos viajar por todo o mundo em busca do que é belo, mas a verdade é que, se já não o trouxermos conosco, nunca



A tal da criatividadeoutubro 13, 2020 | Pelo mundo
Preciso começar esse texto com uma pergunta simples, mas necessária: você se considera criativo(a)? Muitas pessoas vão responder com um sonoro ”não”, e confesso



O ”ponto morto” da vida tem seu valorsetembro 23, 2020 | Crônicas, Devaneios
2016 foi um daqueles anos da minha vida em que eu me vi numa queda de montanha-russa cheia de loopings. E com isso, não





A tal da missão de vida
Desafiando minha rotina
Ano novo, vida nova?
O que você deixou cair pelo caminho?