Arquivo da tag 'reflexão'



Feito colo de mãejunho 1, 2022 | Crônicas, Devaneios
Um dos meus textos preferidos da escritora Martha Medeiros chama-se “O mundo não é maternal”. Recomendo fortemente a leitura, mas para contextualizar rapidamente, ela



Não importa o destino: viagens são sempre um reencontro com nós mesmosmaio 25, 2022 | Crônicas, Devaneios
Aprender a acolher todos os nossos sentimentos, dos mais estranhos aos mais banais, certamente não é uma tarefa fácil. Mas, sem dúvidas, é também



Sobre emoções não tão legais de serem sentidasmaio 9, 2022 | Crônicas, Devaneios
A gente tem mania de achar que a tristeza, a raiva e o medo – entre outras emoções tidas como negativas -, só servem



Deixe a vida te tornar um ”sortudo”abril 13, 2022 | Crônicas, Devaneios
Pare de planejar cada minuto do seu dia ou cada passo dado na vida. Permita que ela lhe dê um pouquinho de sorte no



Nossa natureza é a imperfeiçãoabril 7, 2022 | Crônicas, Devaneios
Em uma caminhada para aliviar uma companheira indesejada chamada ansiedade, comecei a reparar no céu. Atrás de mim, uma possível chuva se aproximava e fazia



Mudar o mundo começando pelo nossoabril 6, 2022 | Crônicas, Devaneios
Eu nunca quis ser só mais uma pessoa no mundo.  Nenhum de nós é, na verdade. Afinal, cada um tem a sua história e



Uma vida toda para me (re)descobrirmarço 23, 2022 | Crônicas, Devaneios
Vai levar uma vida toda para eu me conhecer. E, ainda assim, acho que nunca conseguirei por completo.  Mas sigo aqui, tentando entender cada



Sobre filtros e históriasjaneiro 11, 2022 | Crônicas, Devaneios
Dia desses, assistindo a um episódio de um podcast cuja convidada era a Graziela Gonçalvez – popularmente conhecida como ”Grazon” e ex-esposa do cantor



Me despedindo de 2021janeiro 3, 2022 | Crônicas, Devaneios
Não é possível dizer ”até logo” para um ano. Para muitas coisas na vida, sim. Pessoas, lugares, fases, hábitos, sonhos. Se assim quisermos, é



Quantas Júlias ainda estão por aí?outubro 25, 2021 | Crônicas, Devaneios
Eu já me questionei algumas vezes sobre quantas Júlias ainda estão por aí me esperando. Porque muitas já passaram por mim, mas eu sei (ou





Feito colo de mãe
Não importa o destino: viagens são sempre um reencontro com nós mesmos...
Notas sobre a vida
Sair da zona de conforto não precisa ser tão desconfortável...